Preços começam reagir após reabertura do mercado chinês

Preços do boi gordo começam a reagir

O Indicador Boi Gordo Esalq/B3/Cepea fechou a última sexta-feira com valorização de 1,2% em São Paulo, a R$ 149,20/@ (à vista), confirmando a expectativa de reação a partir da reabertura do mercado chinês para a carne bovina brasileira.

“As empresas têm saído às compras com mais afinco. Já os vendedores, percebendo a maior procura, têm pedido preços maiores nas negociações”, informa nesta manhã de segunda-feira a Scot Consultoria.

Na praça paulista, segundo os dados da Scot, a arroba do boi gordo foi negociada na sexta-feira a R$150,50, à vista, livre de Funrural.

Preços futuros seguem tendência de alta

Acompanhando o aumento no mercado físico, os preços futuros do boi gordo subiram na última sexta-feira na bolsa de mercadoria B3.

O contrato com vencimento em junho/19 avançou 0,17% e fechou a sexta-feira em R$ 151,75/@. Já o contrato para outubro/19 (pico da entressafra) subiu 0,15% e encerrou o dia em R$ 163,85/@, informa a consultoria Agrifatto.

Comentários

1
Olá, chame a gente no Whatsapp! Clique Aqui!
Powered by